icon-telefone
MARCAÇÃO DE CONSULTAS

(85) 3063.3381(85) 9 8851.6148

Serviços

Neurocirurgia é uma especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento clínico e/ou cirúrgico de diversas patologias que afetam cabeça, coluna vertebral, medula e nervos periféricos. É uma área da medicina bastante relacionada ao tratamento de dor.

Crânio:

-Cistos Aracnóides;

-Cistos Neuroentéricos;

-Anomalias do Desenvolvimento Craniofacial:

-Craniossinostose;

-Defeitos do tubo neural;

-Encefalocele;

-Estenose do aqueduto;

-Malformação da medula bífida;

-Malformação de Chiari;

-Malformação de Dandy-Walker;

-Síndrome da medula presa;

-Síndrome de Klippel-Feil;

-Aneurisma Cerebral;

-Angiomas Venosos;

-Cirurgia de Epilepsia;

-Coleções de Líquido Extra-Axial em Crianças;

-Contusões Hemorrágicas;

-Cranioplastia;

-Dor de Cabeça (Cefaleia);

-Edema Cerebral;

-Ferimentos Cranianos por Arma de Fogo;

-Fraturas Cranianas;

-Hematoma Epidural ou Extradural;

-Hematoma Subdural Agudo, Crônico e Espontâneo;

-Hemorragia Subaracnóide;

-Hidrocefalia;

-Higroma Subdural Traumático;

-Hipertensão Intracraniana Idiopática;

-Malformações Arteriovenosas;

-Metástases Cerebrais;

-Síndrome da Sela Vazia;

-Síndrome da Dor Craniofacial;

-Traumatismo Craniano;

-Traumatismo Cerebral em Crianças;

-Tumores Cerebrais em Crianças;

-Tumores Cerebrais Primários: Gliomas de Baixo Grau (GBC), Astrocitoma, Oligodendroglioma, Meningioma, Neuroma do Acústico, Adenoma Pituitário, Craniofaringioma, Cisto da Fissura de Rathke, Cisto Colóide, Hemangioblastoma, Linfoma do Sistema Nervoso Central, Cordoma, Ganglioglioma, Paraganglioglioma, Ependimoma, Tumor Neuroectodérmico Primitivo (PNET), Tumores Epidermóide e Dermóide, Tumores da Região Pineal, Tumores do Plexo Coróide, Tumores Cerebrais Primários Variados;

-Tumores Cranianos: Osteoma, Hemangioma, Tumores Dermóides e Epidermóides do Crânio, Granuloma Eosinofílico, Lesões Cranianas Não-Neoplásicas;

-Tumores do Forame Magno;

-Vasoespasmo.

Coluna e Medula:

-Artrite Reumatóide;

-Cervicalgia;

-Cisto Meníngeo Espinhal;

-Coccidínia;

-Doença de Paget do Osso;

-Dor Ciática;

-Dor Sacroilíacas;

-Dorsalgia;

-Escoliose;

-Espondilose, Espondilólise e Espondilolistese;

-Estenose Espinhal;

-Ferimentos Medulares por Arma de Fogo;

-Fibromialgia;

-Fraturas da Coluna Vertebral;

-Hematoma Espinal Subdural ou Epidural;

-Hérnia dos Discos Intervertebrais;

-Hiperostose Esquelética Idiopática Difusa;

-Junção Craniocervical e Anormalidades da Espinha Cervical Superior;

-Lesões em Chicote da Medula;

-Lesões Medulares;

-Lombalgia;

-Malformação Arteriovenosa Espinhal;

-Malformações;

-Ossificação do Ligamento Longitudinal Anterior;

-Ossificação do Ligamento Longitudinal Posterior (OLLP);

-Radiculopatia;

-Síndrome Facetária;

-Siringomielia;

-Torcicolo;

-Tumores da Coluna e da Medula Espinhal: Tumores Intramedulares da Medula Espinhal, Tumores Ósseos da Coluna, Metástase Espinhal Epidural.

Nervos Periféricos:

-Neuralgia Pós-Herpética;

-Neuropatias Periféricas Compressivas: Compressão do Nervo Occipital, Compressão do Nervo Mediano (Síndrome do Túnel do Carpo), Compressão do Nervo Ulnar, Compressões do Nervo Radial, Compressão do Nervo Axilar, Meralgia Parestésica, Compressão do Nervo Obturador, Compressão do Nervo Femoral, Paralisia do Nervo Peroneiro.

Histórico clínico, exames físicos e solicitações de exames complementares, caso seja necessário.

Tratamentos Clínicos e/ou Procedimentos Minimamente Invasivos.

Sobre os procedimentos Minimamente Invasivos da Coluna Vertebral: tendência mundial crescente e caracteriza-se por procedimentos realizados, muitas vezes, com uma leve sedação, sem corte ou corte mínimo, facilitando a recuperação, proporcionando um retorno mais rápido às atividades diárias com menor risco de complicação pós-procedimento e baixa permanência em unidade hospitalar.

Pode se destacar que os procedimentos minimamente invasivos são a forma menos agressiva ou invasiva de tratar doenças em todas as áreas da medicina. Assim, considera-se Minimamente Invasivo todo procedimento que para um mesmo propósito apresenta menor agressão aos tecidos do corpo humano.

Alguns procedimentos realizados: Rizotomia; Denervação Facetária com Radiofrequência; Discectomia Endoscópica Percutânea e Infiltração Foraminal ou Radicular.

Cirurgias Neurocirúrgicas: no Crânio; na Coluna Vertebral; e nos Nervos Periférico.