Edema Cerebral

Edema cerebral: o que é? O edema cerebral é um acúmulo excessivo de água nos espaços extracelulares ou intracelulares do cérebro. Esse aumento da concentração de líquido pode ser causado por tumores, hematomas, meningites, encefalites ou algumas intoxicações e leva ao aumento do encéfalo. O edema cerebral pode surgir em apenas uma área ou em todo o cérebro.  

Sintomas

Por aumentar a pressão intracraniana, o edema cerebral causa fortes dores de cabeça que afetam todo o cérebro. O portador de um edema cerebral pode apresentar outros sintomas mais graves, conforme explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho.  Esses sinais podem ser tonturas, dormência, distúrbios da fala e da visão, vômitos não precedidos de náuseas, confusão mental, crises convulsivas, coma e diminuição da força muscular.

Em bebês, o neurocirurgião destaca que pode haver o aumento do crânio, já que as estruturas ósseas ainda não estão totalmente solidificadas, ou seja, fontanelas (também conhecidas como moleiras) ainda estão abertas.

Indicação

Por ser uma enfermidade que causa grave risco de vida ao paciente, o edema cerebral deve ser tratado o mais rapidamente possível, conforme explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho.

Para esse tratamento podem ser receitados medicamentos como diuréticos e corticoides, para diminuir a concentração de líquido no cérebro. Em casos mais graves, o especialista aponta a necessidade da realização de procedimentos minimamente invasivos para introdução de um micro-cateter de fibra ótica (conhecido por “Cateter de PIC”) que fornecerá a medida exata da pressão intracraniana que poderá nestes casos está aumentada, com essa informação se definirá a melhor conduta, seja por tratamento clínico ou cirúrgico.

Cirurgia/procedimento

Quando apenas o uso de medicamentos não traz o efeito desejado, pode ser necessário sedar o paciente e ligá-lo a um respirador artificial, para diminuir a atividade cerebral, induzindo ao coma artificial, explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho.  Em outros casos, o especialista cita a aplicação de hipotermia. O corpo é resfriado para que os neurônios suportem o aumento da pressão cerebral sem comprometer seu funcionamento.

Em casos mais severos, quando não houver melhora com as medidas clínicas, pode-se tentar uma cirurgia. A depender do caso, pode ser feito uma Craniotomia Descompressiva, onde parte da calota craniana é removida, promovendo espaço para o encéfalo edemaciado expandir, diminuindo com isso a Hipertensão Craniana que pode ser fatal quando não tratada.

Médico

Com especialização em neurocirurgia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), o Dr. Paulo Wagner Linhares Filho vem se dedicando ao estudo das patologias raqui-medulares/coluna vertebral, dos nervos periféricos, tumores de crânio e de medula. O especialista possui ainda amplo conhecimento das técnicas para o tratamento de dores de difícil controle. Caso deseje conferir o currículo completo do especialista, clique aqui: http://paulowagner.com.br/dr-paulo-wagner.

Cirurgias relacionadas

Como parte do tratamento de edemas cerebrais e também de sua própria especialização e estudos de pós-graduação, Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho realiza cirurgias de crânio. Estas operações têm como objetivo diminuir os sintomas causados pela doença, permitindo que o paciente sobreviva e, se possível,  retorne sua vida ao normal. Para tornar a recuperação no período pós-operatório mais segura e com melhores chances de êxito, o especialista conta com uma equipe multiprofissional composta por neurointensivista, neurologista, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, enfermeiro, neuroanestesista, psicólogo e clínico geral. Para conferir as cirurgias realizadas e as enfermidades atendidas pelo médico, confira este link: http://paulowagner.com.br/cranio.

Contato (Call To Action)

Especializado no tratamento de enfermidades que acometem a coluna vertebral, o crânio ou os nervos periféricos, o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho utiliza técnicas cirúrgicas modernas, seguras e adequadamente indicadas. Tem alguma dúvida sobre um possível diagnóstico ou gostaria de mais informações sobre o edema cerebral? Clique neste link (paulowagner.com.br/pre-agendamento) e agende sua consulta com o especialista. O neurocirurgião fará uma avaliação completa de seu caso, realizando exames físicos, consultando seu histórico clínico e, caso necessário, solicitará exames complementares para tornar o diagnóstico ainda mais preciso.

Contato
Informe o seu nome

Informe um e-mail válido

Invalid Input

Invalid Input

* Preenchimento obrigatório
Pacientes De outras localidades Localidades

Clique aqui

Dr. Paulo Wagner

Rua João Emídio da Silveira, 230 | Dionísio Torres | 60170-140 | Fortaleza | Ceará | Brasil

Siga-nos