icon-telefone
MARCAÇÃO DE CONSULTAS

(85) 3063.3381(85) 9 8851.6148

Saiba mais sobre a Síndrome da Medula Presa

imagem: shutterstock imagem: shutterstock

Síndrome da medula presa: o que é? A Síndrome da Medula Presa, ou medula ancorada, é uma doença neurológica em que a medula espinhal fica “presa” dentro do canal vertebral, na região lombar, facilitando a ocorrência de lesões causadas por micro-impactos. Em situações normais, a medula espinhal é livre dentro da coluna vertebral, e acompanha os movimentos realizados pela pessoa e também a variação do tamanho do corpo durante o crescimento.

Sintomas

Em crianças, a Síndrome da Medula Presa pode apresentar os seguintes sintomas: lesão na região lombar, covinha profunda na região das costas, pele descolorida na região das costas, mancha com aspecto “cabeludo” na região das costas, dor nas costas (que piora com o movimento e melhora com o repouso), dores na parte de trás das pernas, formigamento nas pernas, deformidades nos pés, escoliose e problemas na bexiga e no interno.

Quando diagnosticada tardiamente, a Síndrome da Medula Presa apresenta os seguintes sintomas em adultos: problemas sensoriais e motores e perda do controle da bexiga e do intestino.

Indicações

Segundo o neurocirurgião Dr. Paulo Linhares Lima Filho, em casos em que a Síndrome da Medula Presa é assintomática (ou seja, não apresenta sintomas), não é necessária a realização de cirurgia. A operação é indicada apenas quando os sinais da doença evoluem, prejudicando a qualidade de vida de seu portador.

Cirurgia/procedimento

Nos casos mais graves, quando a evolução da Síndrome da Medula Presa prejudica a qualidade de vida do paciente, é realizada uma microcirurgia para soltura da medula e raízes espinhal, conforme explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho. O procedimento é realizado através de técnicas microneurocirúrgicas sob microscopia e ajuda a reduzir as dores e reduzir os sintomas causados pela síndrome. O especialista aponta ainda a possível necessidade da realização de cirurgias ortopédicas para amenizar todo o desconforto causado pela enfermidade.

Médico

Com especialização em neurocirurgia pela Universidade de Campinas (UNICAMP), o Dr. Paulo Wagner Linhares Filho vem se dedicando ao estudo das patologias raqui-medulares/coluna vertebral, dos nervos periféficos, tumores de crânio e de medula. O especialista possui ainda amplo conhecimento das técnicas para o tratamento de dores de difícil controle. Caso deseje conferir o Lattes completo do especialista, clique aqui: http://paulowagner.com.br/perfil.

Cirurgias relacionadas

Como parte do tratamento da Síndrome da Medula Presa e de outras enfermidades que acometem a coluna vertebral e também de sua própria especialização e estudos de pós-graduação, Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho realiza cirurgias de coluna. Estas operações têm como objetivo corrigir malformações congênitas e dar mais qualidade de vida aos pacientes afetados por estes problemas. Para tornar a recuperação no período pós-operatório mais fácil, o especialista pode optar ainda pela realização de procedimentos pouco invasivos. Para conferir as cirurgias realizadas e as enfermidades atendidas pelo médico, confira este link: http://paulowagner.com.br/servicos.

Contato Call To Action

Especializado no tratamento de enfermidades que afetem a coluna vertebral, o crânio ou os nervos periféricos, o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho utiliza técnicas modernas, seguras e com alta tecnologia. Tem alguma dúvida sobre um possível diagnóstico ou gostaria de mais informações sobre a Síndrome da Medula Presa? Clique neste link (paulowagner.com.br/pre-agendamento) e agende sua consulta com o especialista. O neurocirurgião fará uma avaliação completa de seu caso, realizando exames físicos, consultando seu histórico clínico e, caso necessário, solicitará exames complementares para tornar o diagnóstico ainda mais preciso.

Compartilhe: