icon-telefone
MARCAÇÃO DE CONSULTAS

(85) 3063.3381(85) 9 8851.6148

Saiba mais sobre o Cisto Aracnóide

imagem: shutterstock imagem: shutterstock

Cisto Aracnóide: o que é? Cisto aracnóide é uma lesão congênita da membrana aracnóide (membrana com aspecto de teia de aranha e que cobre o cérebro e o restante do sistema nervoso central: tronco cerebral, cerebelo e a medula espinhal).

Nesse tipo de lesão, as secreções do líquido cefalorraquidiano (o fluido cérebro-espinhal) se expande juntamente com os cistos.

Sintomas

Boa parte dos cistos aracnóides são assintomáticos (ou seja, não possuem sintomas). Entre os pacientes que sofrem de cistos sintomáticos, as principais queixas são: dores de cabeça, náusea e cansaço (reflexo do aumento da pressão intracraniana), tonturas, letargia, zumbidos, problemas de audição, problemas neurológicos e distúrbios na fala. Nos bebês pode ocorrer o acúmulo de líquido no cérebro, levando a um quadro de hidrocefalia. Em casos graves, os cistos aracnóides podem causar atraso no desenvolvimento dos bebês, retardo mental, mudanças de comportamento e incapacidade de controlar movimentos involuntários.

Indicações

Para os pacientes diagnosticados com cistos aracnóides sintomáticos, o tratamento mais recomendado é a cirurgia de crânio. No caso de cistos aracnóides assintomáticos o tratamento se restringe ao acompanhamento da lesão, com a realização de tomografias periódicas para medir sua evolução. Caso o especialista identifique um crescimento anormal do cisto, o procedimento aplicado pode ser revisto.

Cirurgia/Procedimento

Na cirurgia de crânio, também chamada de craniotomia, uma parte do cisto é retirada e são criados canais que drenam o líquido acumulado na lesão, impedindo seu crescimento e aliviando a pressão intracraniana, diminuindo os sintomas apresentados por causa da enfermidade. Para cistos com pequenas dimensões é possível adotar procedimentos pouco invasivos, como as cirurgias feitas por videoendoscopia. Esses procedimentos tem como vantagem a rápida recuperação, permitindo que o paciente retome sua rotina em poucos dias. Já a drenagem simples do líquido acumulado no cisto aracnóide não é recomendado, pois o cisto pode voltar e aumentar de tamanho em pouco tempo, agravando os sintomas causados pela enfermidade.

Médico

Especialista em neurocirurgia, o Dr. Paulo Linhares Lima Filho se formou na Universidade Federal do Ceará e fez residência na Universidade de Campinas (UNICAMP). Durante esse período dedicou-se intensamente aos estudos no setor de patologias raqui-medulares/coluna vertebral, de nervos periféricos, de tumores de crânio e medula. Dr. Paulo Linhares já realizou diversas cirurgias de crânio e é referência no tratamento de cistos aracnóides. Para conferir o currículo completo do especialista e mais detalhes sobre sua formação, acesse o link.

Cirurgias relacionadas

Conheça as cirurgias relacionadas para o tratamento dos cistos aracnóides no subgrupo “crânio”, como a craniotomia ou outras operações que ajudem a controlar a doença ou diminuir seus sintomas, melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Todos os procedimentos realizados pelo especialista estão listadas neste link: http://paulowagner.com.br/servicos.

Contato

Você gostaria de ter mais informações ou agendar uma conversa com o Dr. Paulo Linhares Lima Filho para tratar esta ou outra enfermidade neurológica? Clique no link http://paulowagner.com.br/pre-agendamento, preencha seus dados e agende sua consulta. O especialista avaliará seu histórico clínico, poderá solicitar exames físicos ou exames complementares para entender qual a sua enfermidade e ajudar no tratamento da doença.

Compartilhe: