icon-telefone
MARCAÇÃO DE CONSULTAS

(85) 3063.3381(85) 9 8851.6148

Saiba mais sobre as Fraturas da Coluna Vertebral

imagem: shutterstock imagem: shutterstock

Fraturas da coluna vertebral: o que é? As fraturas da coluna vertebral, em geral, ocorrem quando uma pessoa sofre traumas graves, como quedas de altura, acidentes automobilísticos, ferimentos com armas de fogo, dentre outros.

Pessoas com doenças que enfraquecem os ossos (como osteoporose ou câncer) podem sofrer fraturas da coluna vertebral mesmo após sofrer traumas mais leves.

Segundo o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho, os tipos mais comuns de fraturas da coluna vertebral são: fratura por compressão (mais comuns em pacientes com osteoporose ou outras doenças ósseas), fratura por explosão (comuns em quem sofre um acidente de carro), fratura por flexo-distração (comum também em acidentes de carro) e fratura luxação.

Sintomas

De acordo com o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho, os sintomas apresentados por pacientes que sofrem fraturas da coluna vertebral variam de acordo com o tipo e a localização da fratura, mas em geral são marcados por dor na região da coluna vertebral. Porém, caso a fratura da coluna vertebral comprima a medula espinhal ou os nervos, o paciente pode apresentar os seguintes sintomas: fraqueza nos braços e pernas, dormências, dor irradiada para algum membro, problemas na bexiga e no intestino e dificuldades para andar.

Indicações

O tratamento das fraturas da coluna vertebral envolvem o uso de medicamentos, como analgésicos, antiinflamatórios e relaxantes musculares para garantir maior conforto e diminuição das dores sentidas pelo paciente. Em fraturas estáveis pode ser necessário ainda o uso de um colete (ex. Filadelfia, Jewett, Putti). Seu ajuste deve ser feito por um médico.

Cirurgia/procedimento

Caso as fraturas da coluna vertebral sejam graves e não respondam aos tratamentos descritos acima, pode ser necessária a realização de uma cirurgia, explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho.

Podem ser realizados procedimentos menos invasivos, como as fixações percutâneas, até cirurgias invasivas, como a artrodeses convencionais.

Médico

Com especialização em neurocirurgia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), o Dr. Paulo Wagner Linhares Filho vem se dedicando ao estudo das patologias raqui-medulares/coluna vertebral, dos nervos periféricos, tumores de crânio e de medula. O especialista possui ainda amplo conhecimento das técnicas para o tratamento de dores de difícil controle. Caso deseje conferir o currículo completo do especialista, clique aqui: http://paulowagner.com.br/perfil.

Cirurgias relacionadas

Como parte do tratamento de fraturas da coluna vertebral, e também de sua própria especialização e estudos de pós-graduação, Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho realiza cirurgias da coluna vertebral. Estas operações têm como objetivo diminuir os sintomas causados pela doença, permitindo que o paciente tenha uma vida praticamente normal. Para tornar a recuperação no período pós-operatório mais fácil, o especialista pode optar ainda pela realização de procedimentos pouco invasivos. Para conferir as cirurgias realizadas e as enfermidades atendidas pelo médico, confira este link: http://paulowagner.com.br/servicos.

Contato (Call To Action)

Especializado no tratamento de enfermidades que afetem a coluna vertebral, o crânio ou os nervos periféricos, o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho utiliza técnicas modernas, seguras e precisas. Tem alguma dúvida sobre um possível diagnóstico ou gostaria de mais informações sobre as fraturas da coluna vertebral? Clique neste link (paulowagner.com.br/pre-agendamento) e agende sua consulta com o especialista. O neurocirurgião fará uma avaliação completa de seu caso, realizando exames físicos, consultando seu histórico clínico e, caso necessário, solicitará exames complementares para tornar o diagnóstico ainda mais preciso. 

Compartilhe: