icon-telefone
MARCAÇÃO DE CONSULTAS

(85) 3063.3381(85) 9 8851.6148

Saiba mais sobre a Dor ciática

imagem: shutterstock imagem: shutterstock

Dor ciática: o que é? A dor ciática é uma inflamação no nervo ciático, o nervo mais longo do corpo humano.

Por seu tamanho e importância, quando o ciático é afetado, os pacientes podem relatar dores que se estendem da região lombo-sacra até o pé, passando pelos glúteos, coxas e parte lateral da perna.

Segundo o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho, a dor ciática pode ser provocada por um trauma direto ou uma lesão por repetição (como ficar sentado em uma mesma posição por muito tempo ou cima de carteira contida no bolso ou em um local desconfortável), sem esquecer as hérnias discais como causa bastante comum. A dor ciática pode ser causada, ainda, pela prática de esportes como corrida e musculação e aparecer, ainda, em saltadores.

Sintomas

Os pacientes diagnosticados com dor ciática apresentam os seguintes sintomas: sensação de queimação ou dormência, dor acompanhada por choques nas nádegas e que se prolongam para a parte de trás da coxa, espasmos na parte de baixo da coluna, na região do nervo ciático, dificuldades em sentar ou levantar, perda da sensibilidade, fraqueza nos músculos da perna afetada e perda da função da bexiga.

Indicações

A dor ciática pode ser tratada com a prática de exercícios de fisioterapia, essenciais para melhorar a mobilidade do paciente, em conjunto com o programa de tarefas elaborada por terapeutas ocupacionais. No entanto, quando o uso de medicamentos e as terapias alternativas não dão o efeito esperado, pode ser necessária a realização de procedimentos minimamente invasivos para diminuir a dor causada pela inflamação do nervo ciático, conforme explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho.

Cirurgia/procedimento

Dentre os procedimentos recomendados para o tratamento da dor ciática, quando os outros tratamentos já não fazem efeito estão as infiltrações que diminuem e/ou amenizam as dores da inflamação, explica o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho. Para casos mais refratários como hérnias discais extrusas, pode ser tentado a dissectomia por técnicas minimamente invasivas.

Médico

Com especialização em neurocirurgia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o Dr. Paulo Wagner Linhares Filho vem se dedicando ao estudo das patologias raqui-medulares/coluna vertebral, dos nervos periféricos, tumores de crânio e de medula. O especialista possui ainda amplo conhecimento das técnicas para o tratamento de dores de difícil controle. Caso deseje conferir o currículo completo do especialista, clique aqui: http://paulowagner.com.br/perfil.

Cirurgias relacionadas

Como parte do tratamento da dor ciática, e também de sua própria especialização e estudos de pós-graduação, Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho realiza cirurgias dos nervos periféricos. Estas operações têm como objetivo diminuir os sintomas causados pela doença, permitindo que o paciente tenha uma vida praticamente normal. Para tornar a recuperação no período pós-operatório mais fácil, o especialista pode optar ainda pela realização de procedimentos pouco invasivos. Para conferir as cirurgias realizadas e as enfermidades atendidas pelo médico, confira este link: http://paulowagner.com.br/servicos.

Contato (Call To Action)

Especializado no tratamento de enfermidades que afetem a coluna vertebral, o crânio ou os nervos periféricos, o neurocirurgião Dr. Paulo Wagner Linhares Lima Filho utiliza técnicas modernas, seguras e precisas. Tem alguma dúvida sobre um possível diagnóstico ou gostaria de mais informações sobre a dor ciática? Clique neste link (paulowagner.com.br/pre-agendamento) e agende sua consulta com o especialista. O neurocirurgião fará uma avaliação completa de seu caso, realizando exames físicos, consultando seu histórico clínico e, caso necessário, solicitará exames complementares para tornar o diagnóstico ainda mais preciso.

 

 

Compartilhe: